Vilarregense F.C. nas meias-finais da Taça Amizade - Inatel

Vilarregense2

O Vilarregense F.C. conseguiu, na tarde de 21 de fevereiro, o apuramento para as meias-finais da Taça Amizade - Inatel, ao bater a equipa do C.S.C.D. Envendos, de Mação, por 2-1.

Num jogo realizado no recinto da equipa adversária, a formação Vilarregense acabou por alcançar a vitória com golos de Luís Bernardo e Gonçalo Simões.

A equipa de Vila de Rei conseguiu assim, pela primeira vez, o apuramento para as meias-finais desta competição, onde vai encontrar agora a equipa do G.D. Seiça, de Ourém, num jogo a realizar no estádio do adversário no dia 20 de março.

Para chegar a esta fase, o Vilarregense F.C. bateu as equipas da A.C.R. Marianos e Murta, de Almeirim, por 3-0, da U.D. Rossiense, de Abrantes, por 3-2 e, no último domingo, o C.S.C.D. Envendos, por 2-1.

Vila de Rei: “Pais Confiantes, Filhos Felizes” em conferência na Biblioteca Municipal

conferencia clds

O CLDS 3G de Vila de Rei, com o apoio da Câmara Municipal, vai promover a realização, no próximo dia 26 de fevereiro, da conferência “Pais Confiantes, Filhos Felizes”.

A iniciativa vai decorrer na Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, a partir das 18h30, e contará com a presença de Sandra Belo, coautora do primeiro livro de coaching parental português “Family Coaching – 36 desafios para pais extraordinários” e uma das responsáveis pela Family Coaching, empresa que desenvolve a sua atividade na área do coaching aplicada ao contexto familiar.

Ao longo da conferência, os participantes (Pais/Encarregados de educação e outros Educadores) serão convidados a descobrir as competências que trazem consigo e que os podem ajudar a gerir os desafios do seu dia-a-dia familiar. Muitas vezes, os Pais e as Mães duvidam das suas capacidades para construir a família que idealizaram.
Nesta sessão será proposto que reflitam sobre a importância de se sentirem confiantes e o impacto que isso tem na relação com os filhos. Serão ainda abordados os modelos que cada Pai e cada Mãe desejam ser junto dos seus filhos.
No final do encontro, todos os participantes terão tido oportunidade de olhar de uma forma diferente para a sua família e de descobrir como valorizá-la.

Município de Vila de Rei junta-se ao projeto “Almofada de Coração – apoio às vítimas de cancro da mama”

projeto almofada

O Município de Vila de Rei vai juntar-se ao projeto “Almofada de Coração”, numa iniciativa que pretende apoiar as vítimas de cancro da mama.

Iniciado nos Estados Unidos da América e após passar igualmente por vários países europeus e sul americanos, o projeto chega agora também a Portugal e pretende apelar à criação de almofadas de coração que serão entregues gratuitamente a pessoas vítimas de cancro da mama.

Desenhadas para facilitar o descanso do braço, estas almofadas permitem aliviar a dor da incisão cirúrgica, reduzir o inchaço linfático provocado pela cirurgia, diminuir a tensão nos ombros e pode igualmente ser usada por baixo do cinto de segurança do carro para proteger contra eventuais golpes.

Todos os interessados em participar nesta ação poderão obter mais informações junto do Gabinete de Ação Social e Saúde da Câmara Municipal de Vila de Rei, através de Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou do 274 890 010.

Venha abraçar esta ideia! Colabore na elaboração de uma Almofada!

 

Instruções para criação da Almofada

Bordado de Castelo Branco em exposição no Museu Municipal de Vila de Rei

expo bordado cb

O Museu Municipal de Vila de Rei vai receber, de 3 a 31 de março, a exposição “Bordado de Castelo Branco”, com trabalhos elaborados por Natividade Gaspar e Lurdes Sequeira.

Produzido em seda natural sobre linho artesanal, o Bordado de Castelo Branco é um dos produtos mais típicos da região, apresentando motivos decorativos como a árvore da vida, os pássaros, os cravos, as rosas, os lírios e os corações.

Os interessados poderão visitar a Exposição e o Museu Municipal de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h00.

Beneficiação do acesso ao Centro Geodésico em Concurso Público

centro geodesico

Foi publicado em Diário da República, a 17 de fevereiro de 2015, o Concurso Público do Município de Vila de Rei para a Reabilitação e Beneficiação do acesso ao Centro Geodésico de Portugal.

Entre os trabalhos a executar encontram-se, entre outros, o alargamento da estrada de acesso e repavimentação da mesma, criação de uma maior área de estacionamento (incluindo um espaço próprio para autocarros), criação de um acesso pedonal e ciclovia, criação de um quiosque junto à zona de merendas e sombreamento da mesma.

As propostas para a execução da obra devem ser submetidas através da plataforma disponível em www.acingov.pt, com um valor máximo de base de procedimento de 135.000€ e com um prazo de execução de três meses.

O Presidente do Município de Vila de Rei, Ricardo Aires, adianta que “o Centro Geodésico de Portugal é um dos principais ex-libris de Vila de Rei e o principal ponto de passagem dos largos milhares de pessoas que anualmente nos visitam. Com estas obras de beneficiação, vamos criar melhores acessos e melhores infraestruturas, reforçando as condições com que recebemos todos os nossos visitantes.”

Loja Social de Vila de Rei e Exército Português apoiam famílias no Kosovo

bens kosovo

Os militares portugueses em missão no Kosovo procederam, nos dias 28 de janeiro e 10 de fevereiro, à entrega de bens às Missionárias da Caridade (sedeadas em Pec – região Oeste do Kosovo) e ao Centro de Reabilitação em Mitrovica Norte (ação coordenada com o Joint Regional Detachment North).

Esta iniciativa iniciou-se ainda em território nacional, durante o aprontamento do 2ºBatalhão de Infantaria Mecanizado (2ºBIMec) contando com o apoio da Loja Social do Município de Vila de Rei, instituição criada em 2008 com o objetivo de suprir as necessidades/carências imediatas das famílias Vilarregenses com condições socioeconómicas vulneráveis. Esta parceria e diálogo tornou possível arrecadar aproximadamente 350 Kg de roupa e brinquedos, novos ou usados, provenientes de um banco de bens doados por particulares e/ou empresas.

Já no Kosovo, procedeu-se à separação, catalogação e embalagem de todos os bens para facilitar o processo de distribuição pelas diversas entidades e instituições locais.

Esta ação desenvolvida no Kosovo com bens recolhidos em Portugal vem demonstrar que a solidariedade não tem limites no espaço ou no tempo e atestar, uma vez mais, o sentido solidário da população Vilarregense.

Fonte: Exército Português 

cpcj banco voluntariado  prot civil2 logoPinhalMaior
  Logo-Turismo  LogoMT  

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies