Passeio Pedestre pelo percurso Vilarregense da Grande Rota do Zêzere

PP GRZ2

O Município de Vila de Rei organiza, no próximo dia 9 de Maio, o primeiro de quatro Passeios Pedestres que percorrerão o percurso Vilarregense da Grande Rota do Zêzere.

Este primeiro Passeio, com concentração marcada para as 09:00 horas, irá ligar a Praia Fluvial do Penedo Furado, um dos principais pontos turísticos do Concelho, à zona balnear da aldeia de Macieira, numa extensão de 11 km.

Ao longo dos próximos meses, a Autarquia vai ainda realizar mais três percursos pedestres de forma a apresentar todos os 47 km da Grande Rota do Zêzere no nosso Concelho.

Os interessados em participar no Passeio Pedestre deverão realizar a sua inscrição na Receção da Câmara Municipal de Vila de Rei, através do telefone 274 890 014 ou do endereço de correio eletrónico Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

O Município de Vila de Rei garante o transporte, no final do Passeio, entre Macieira e Penedo Furado.

A Grande Rota do Zêzere é um projeto conjunto de 14 Municípios que irá permitir percorrer todo o caudal do Rio Zêzere, desde a nascente, próximo de Manteigas, até à sua foz, em Constância, através de trilhos para percorrer a pé ou de bicicleta, ou ainda descer o rio em canoa.

A participação de Vila de Rei na Grande Rota do Zêzere assume um importante papel no delinear de todo o projeto, sendo um dos concelhos com maior extensão de percursos ao longo de toda a Rota, e ao possuir estações intermodais que permitem aos utilizadores alterar o seu modo de deslocação.

Percurso Pedestre “Rota da Prata e do Ouro” inaugurado já no próximo sábado

pp vilarei sardoal

Os Municípios de Vila de Rei e Sardoal inauguram, pelas 08h00 de sábado, 2 de Maio, o Percurso Pedestre “Rota da Prata e do Ouro”, que ligará as sedes destes dois Concelhos.

Com início junto ao Centro Cultural Gil Vicente, no Sardoal, e com uma extensão de 28 km, esta nova rota vai oferecer aos seus utilizadores um percurso muito variado e cheio de surpresas. O seu nome deriva da existência, nos respetivos territórios, de várias minas de prata e ouro já desativadas.

O ponto de encontro dos participantes que irão sair de Vila de Rei está marcado para as 07h30, junto à Câmara Municipal de Vila de Rei, com a chegada prevista para as 18h00, onde serão recebidos pelos Presidentes das Autarquias. De seguida terá lugar uma breve atuação do Rancho Folclórico “Os Resineiros de Alcaravela” e do Grupo de Concertinas da Casa do Benfica de Vila de Rei.

Todos os interessados poderão realizar a sua inscrição ou obter mais informações através da Câmara Municipal de Sardoal ( Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou 241 851 498) ou da Câmara Municipal de Vila de Rei ( Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou do 274 890 014).

As Autarquias de Vila de Rei e Sardoal garantem o transporte Vila de Rei – Sardoal no início e após o final do percurso. Os participantes deverão estar munidos de almoço e reforço alimentar.

Vila de Rei aprova descentralização de competências na Educação

escola

A descentralização de competências na Educação em Vila de Rei foi, no dia 23 de Abril, aprovada pela Assembleia Municipal, fazendo com que Vila de Rei seja um dos treze Municípios pioneiros neste processo de delegação de competências.

O contrato aprovado prevê a delegação de competências do Ministério da Educação e Ciência no Município de Vila de Rei e na Direção da Escola Básica e Secundária do Centro de Portugal, visando um contínuo processo de aperfeiçoamento do serviço público de educação e formação na qualidade da aprendizagem de crianças e jovens.

Constitui ainda um dos principais objetivos do contrato o estreitar de ligações da educação e formação com o mercado de trabalho, possibilitando às Escolas e Municípios adaptar a sua oferta educativa de acordo com as características e necessidades do seu Concelho (25% do currículo nacional pode passar a ser integrado por “componentes curriculares de responsabilidade local”).

Segundo dados do Ministério da Educação e Ciência, o contrato negociado com as 13 autarquias (Águeda, Amadora, Batalha, Cascais, Crato, Matosinhos, Óbidos, Oeiras, Oliveira de Azeméis, Oliveira do Bairro, Sousel, Vila de Rei e Vila Nova de Famalicão) estipula que mais de 60% das competências na área da Educação fiquem nas mãos dos Agrupamentos de Escolas, 30% nos Municípios e menos de 10% no Ministério.

Ricardo Aires, Presidente do Município Vilarregense, adianta que “Vila de Rei volta a ser pioneiro numa medida que vem reforçar a grande aposta da Autarquia na área da Educação. Através deste processo vamos conseguir ajustar a oferta curricular, adaptando-a, da melhor maneira, às principais necessidades dos nossos alunos e do nosso Concelho.”

Vila de Rei estabelece primeiras Áreas de Reabilitação Urbana no Concelho

aru

A Assembleia Municipal de Vila de Rei aprovou, na sua reunião de 23 de Abril, as três primeiras Áreas de Reabilitação Urbana (ARU) do Concelho.

Esta medida surge no seguimento dos incentivos estabelecidos pelo Governo para as áreas de reabilitação, com vista a incentivar ainda mais a recuperação e regeneração destas áreas.

As primeiras ARUs estabelecidas no Concelho são então a ARU de Vila de Rei (composta pelas localidades de Vila de Rei, Vale do Grou, Penedo, Quinta do Pranto, Vale e Cidreiro), ARU de Fundada (Silveira, Fouto e Sobreiras Altas) e ARU de Milreu (composta pelas áreas urbanas desta povoação).

A seleção destas áreas como primeiras ARUs do Concelho está relacionada com a necessidade de intervenção e recuperação de um número significativo de edificações, por serem áreas que apresentam as maiores taxas de emprego e de procura, tanto para aquisição de habitação como para arrendamento) e por se localizarem nestes espaços a maioria dos agentes económicos do Concelho.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Ricardo Aires, refere que “a delimitação das primeiras Áreas de Reabilitação do Concelho, que, futuramente, serão alargadas a outros núcleos urbanos, vem definir os territórios que, devido a variados fatores, justificam uma intervenção mais urgente de regeneração de infraestruturas, nomeadamente nas redes de abastecimento de águas e esgotos já existentes, e de equipamentos e espaços de utilização coletiva.”

Vila de Rei: 30 caminhantes à descoberta das Conheiras

monumentos sitios final

Vila de Rei celebrou, no dia 18 de Abril, o Dia Mundial da Saúde, Dia Mundial da Terra e Dia Internacional dos Monumentos e Sítios através da realização do Passeio Pedestre “Conhecer, Explorar e Partilhar as Conheiras de Vila de Rei”.

A iniciativa, organizada pelo Município de Vila de Rei, contou com a presença de 30 participantes que realizaram o percurso entre a sede do Concelho e a aldeia de Lousa, passando por diversas Conheiras resultantes da exploração de frentes mineiras de ouro, presumivelmente da época romana.

As celebrações terminaram já depois das 12:00 horas, com um almoço partilhado entre todos os participantes. 

Auditório Municipal recebe sessão de teatro para os mais novos

IMG 7306

O Auditório Municipal Monselhor José Maria Félix recebeu no passado dia 24 de Abril uma sessão de teatro dirigida aos alunos do Jardim de Infância Municipal e 1ª ciclo da Escola 2.3 e Secundária do Centro de Portugal.
Assim, cerca de 150 alunos, auxiliares e professores puderam assistir a peça infantil "Alice no país do Soldadinho de Chumbo" levada a cena pelo Grupo de Teatro – Animateatro
Salienta-se os momentos de enorme animação que transformaram a tarde de todos os presentes.

cpcj banco voluntariado  prot civil2 logoPinhalMaior

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies