Praias Fluviais

Bostelim

Bostelim 3
 Situada na fronteira entre a freguesia de Fundada e São João do Peso, esta praia é uma das mais recentes alternativas do concelho de Vila de Rei para fugir ao intenso calor dos meses de Verão. Rodeada por montes ricos em biodiversidade e onde quase não se nota a presença humana, a zona balnear de Bostelim tem o sossego e a proximidade à natureza como nota dominante. E como já vem dando sinais, desde que foi inaugurado em 2007, o espaço fluvial promete transformar-se num dos destinos preferidos dos banhistas, no concelho de Vila de Rei. O espaço acolhe, também, o Parque de Campismo Rural do Bostelim, onde tem início o percurso pedestre “Rota do Bostelim” de 9km, entre levadas, açudes, moinhos e uma ponte centenária.

O local conta com recepção ao parque de campismo, posto de primeiros socorros, balneários, bar, estacionamento de grandes dimensões, lavadouro público, electricidade e parque de merendas.

A zona reservada a banhos é de excelência, especialmente para programas em família, sendo bastante seguro para as crianças e pessoas que requeiram maiores cuidados. Também a área contígua à linha de água é dotada de sombras naturais e solo relvado, para o maior conforto dos utentes.

Fernandaires

Fernandaires 1
 Rodeada por altas montanhas, densamente arborizadas com pinheiro bravo e medronheiros, a barragem de Castelo de Bode apresenta uma vasta bacia de água. Para o tal aproveitamento desta zona balnear e devido à profundidade acentuada da barragem foi instalada uma piscina flutuante na margem esquerda do rio Zêzere. Esta infra-estrutura dispõe de diferentes espaços para crianças e adultos e de acessos fáceis a partir de Vila de Rei. Para tornar o local ainda mais aprazível, está aberto ao público um snack-bar, a funcionar diariamente de manhã à noite, onde se servem refeições, durante todo o Verão. Foram ainda instalados novos WC´s junto aos chuveiros já existentes e a segurança da piscina é garantida pelo vigilante, que ali permanece durante toda a época balnear. A frescura das sombras provenientes dos pinheiros oferece aos visitantes a oportunidade de repousar ou até fazer campismo. A largura da albufeira permite também a utilização de embarcações e motos de água, para além da pesca. No local alugam-se canoas, kayaks, catamarans à vela, sky aquático ou wakeboard com barco equipado com skis, prancha e skipper (condutor). Para grupos e famílias, existem diversos programas desde passeios, escalada, tiro com arco, etc. 

Pego das Cancelas

Foto-Pego das Cancelas 2
Distante de qualquer povoação, o visitante encontra na praia fluvial do Pego das Cancelas o sossego necessário para o descanso e a reflexão. Pertencente à freguesia de São João do Peso, os acessos fáceis e a boa qualidade da água, apoiados pelo bar, socorrista, parque de merendas, parque de estacionamento e solário dão a esta estância balnear condições ideais. A localização da praia fluvial é também favorável a passeios pedestres, onde poderá descobrir a vida animal entre a mata quase virgem. Para além disto, as águas da ribeira são igualmente ricas em fauna piscícola, com barbos, bogas e bordais em abundância.  

Zaboeira

Foto-Zaboeira 2
Depois de conhecer a típica aldeia beirã da Zaboeira e, atravessar as suas ruas estreitas e características, descobre-se a albufeira de Castelo Bode, com cerca de 60km de extensão, construída no período áureo da política de aproveitamento de recursos hídricos, nos anos 50. Rodeada de colinas cobertas de pinhais, a barragem, a maior reserva nacional de água, que deve a sua existência ao principal afluente do Tejo, o rio Zêzere, proporciona passeio de barco tranquilos e a prática de alguns desportos aquáticos, além dos tão procurados banhos estivais na piscina flutuante, para adultos e crianças é complementada pela oferta da gastronomia regional, proporcionada pelo restaurante existente na povoação.

A partir da Zaboeira, em direcção a Fernandaires é possível desfrutar da vista panorâmica, com vários miradouros naturais. 

Penedo Furado

Penedo Furado 3

As características do maciço rochoso fazem deste local, bastante arborizado, um autêntico paraíso, oferecendo um conjunto de pequenas quedas de água, visíveis a escassos metros, que podem ser apreciadas ao percorrer um estreito caminho talhado na rocha.


Esta é a estância balnear mais procurada do concelho de Vila de Rei, não só pela sua água límpida e cristalina que lentamente vai correndo pelo leito, através de uma passagem natural na rocha, mas também pelas infra-estruturas. 
Além das muitas sombras, a Praia Fluvial do Penedo Furado dispõe de bons acessos, localizando-se a cerca de 10 minutos de Vila de Rei, através do acesso viário pela EN2 e variante à EN2, estacionamento fácil, bar, balneários, parque de merendas e parque infantil. 
Este local é indicado para programas de família, pois a água tem pouca profundidade.
A praia é também bastante procurada por campistas.


O local permite a realização de diversas atividades desportivas, tais como pedestrianismo, escalada, rappel, slide ou canoagem, sendo um espaço polivalente de recreio e lazer.
A água desta praia é identificada como água balnear interior, classificada de acordo com os níveis de vários indicadores na água, no âmbito da monitorização efetuada durante cada época balnear, sendo a classificação da água nos últimos anos Boa e/ou Excelente.
A massa de água é a Ribeira do Codes, pertencente à Bacia Hidrográfica do Tejo, e o uso do solo na bacia de drenagem desta água balnear é quase inteiramente florestal, com pequenas zonas agrícolas.


Na zona mais elevada, existe um rochedo gigantesco com uma enorme abertura de feitio afunilado, que dá nome à praia, onde foi criado o Miradouro do Penedo Furado, inaugurado em 5 de Julho de 1964, de onde é possível admirar a magnífica paisagem de serras e montes revestidos de pinhais, a ribeira do Codes, a albufeira da Barragem do Castelo do Bode e algumas casas das povoações envolventes.
Do lado direito do miradouro, existe um nicho com a imagem de Nossa Senhora dos Caminhos, após a qual existe um trilho lateral que permite passar à zona mais baixa do penedo, e descer até à praia fluvial, passando pela denominada “Bicha Pintada”.
A “Bicha Pintada”, localizada na margem direita da Ribeira do Codes, abaixo do miradouro do Penedo Furado, é um fóssil que, segundo alguns estudiosos, se crê que tenha mais de 480 milhões de anos, inserido no topo de uma camada de quartzito cinzento-escuro, com 30 cm de espessura.


É formada por um sulco de espessura variável, com 5 cm de largura média e 1 cm de profundidade, de contorno rectangular e limites laterais regulares, meandriforme, sinuoso, com cerca de 8,1 m de extensão visível. Em simultâneo e na mesma camada, ocorrem galerias vermiformes irreconhecíveis.


Este tipo de estrutura é interpretada como tendo sulcos produzidos pela atividade de alimentação e deslocação de trilobites num fundo arenoso.
Devido essencialmente à sua forma sinuosa serpentiforme, foram criadas sucessivas de lendas, mitos e histórias do saber popular.


Próximo do Miradouro do Penedo Furado, existe o Miradouro das Fragas do Rabadão, onde existe uma via-sacra e um pequeno santuário, cujas estatuetas foram oferecidas por populares, de onde se pode apreciar a paisagem até à albufeira de Castelo de Bode e onde se inicia um trilho confluente com o trilho do miradouro anterior, com ligação à "Bicha Pintada".


Nas proximidades, nomeadamente nos Vales do Zêzere, Ribeira do Codes e Lousa, existem diversas Conheiras, ou seja, amontoados de seixos rolados, resultantes de escavações a céu aberto de exploração mineira de ouro aluvionar pelos Romanos, cujas dimensões podem atingir 200-500 m de extensão superficial e 10-20 m de profundidade.
No local existe também o Trilho das Bufareiras, percurso pedestre linear que culmina na Praia Fluvial do Penedo Furado e que conduz depois por caminhos antigos e plenos de mistério até à zona das Bufareiras, local de uma paisagem invulgar, fruto do maciço rochoso envolvente, por onde se descobrem várias quedas de água naturais, sendo um dos locais mais emblemáticos da região e importante atrativo turístico do concelho.

Assim, com diversas histórias associadas a toda esta área, o Penedo Furado é um dos locais mais místicos da região. Mitos, contos e lendas que o povo foi passando de geração em geração, fazem também parte da História do Penedo Furado e deixam a imaginação popular aliar-se a toda a beleza do espaço envolvente. 

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies