Município de Vila de Rei avança com construção de Lagar

azeite2

O Município de Vila de Rei procedeu a abertura de um concurso público com vista à construção de um Lagar e de uma unidade de embalamento, pelo preço base de 200.000,00€.

A infraestrutura terá como prazo máximo de construção de 3 meses, sendo implementada na Zona Industrial do Souto com cerca de 650 m2 de área bruta de implementação.

Posteriormente será lançado também igual procedimento para os equipamentos afetos às unidades de transformação e embalamento.

Ricardo Aires, presidente da autarquia salienta que "está dado o primeiro passo para a definitiva implementação de um equipamento tão necessário para o Concelho. Muito brevemente os Vilarregenses deixarão de ter de ir para fora do Concelho transformar a sua azeitona. Estamos certo que esta medida constituirá um estímulo para que os Vilarregenses voltem a cuidar das suas propriedades agrícolas, assim como, para o surgimento de empreendedores nesta área, encontrando nesta unidade uma forma de rentabilização dos seus excedentes agrícolas."

Palestra “A Cultura do Medronheiro” reúne 80 pessoas em Vila de Rei

medronheiro1

Cerca de 80 pessoas marcaram presença no Auditório Municipal de Vila de Rei, na tarde de 21 de Abril, para a palestra “A Cultura do Medronheiro”.

Organizada pelo Município de Vila de Rei, com o apoio da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAPCentro) e da Cooperativa Portuguesa do Medronho, CRL. (CPM), a iniciativa pretendeu demonstrar a todos os presentes a importância e oportunidades desta espécie no contexto nacional e internacional.

O evento contou com a presença do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Paulo César Luís, Fátima Curado, Manuel Sequeira, João Gama e Rui Silva, da DRAPCentro, e de Tiago Cristóvão, da CPM.

Após o colóquio no Auditório, os participantes visitaram o pomar de medronheiros de Rui Rijo, em São João do Peso. Plantado à cerca de dois anos, o espaço conta já com 13 hectares de medronheiros, preparando-se o proprietário para reforçar esta plantação com 12 novos hectares.

Na abertura da sessão, Paulo César Luís afirmou que “a aposta e exploração desta espécie autóctone é uma excelente opção para revitalizar os terrenos agrícolas da região, sendo uma das melhores alternativas para o nosso território”, reforçando ainda que “a construção prevista do lagar, destilaria e zona de embalamento vai oferecer a oportunidade aos pequenos produtores de poderem, de forma mais próxima e menos onerosa, tirar o máximo partido da produção e exploração do medronheiro.”

As apresentações dos oradores presentes na sessão encontram-se disponíveis nas hiperligações que se seguem:

Fátima Curado - Instalação da Cultura do Medronheiro

Manuel Sequeira - A Cultura do Medronheiro

João Gama - Contributo do Medronheiro na Gestão Florestal

medronheiro2

Vila de Rei recebeu briefing descentralizado da C.D.O.S.

CDOS

O Salão Nobre do Edifício dos Paços do Concelho de Vila de Rei recebeu, na tarde de 21 de Abril, um briefing descontinuado do Comando Distrital de Operações de Socorro (C.D.O.S.) de Castelo Branco. A iniciativa contou com a presença do Comandante Distrital de Operações de Socorro, Rui Esteves, dos Comandos Distritais da Polícia de Segurança Pública, Polícia Judiciária e Guarda Nacional Republicana, dos representantes do Instituto Nacional de Emergência Médica, Instituto de Conservação da Natureza e Floresta, Estradas de Portugal, Força Especial de Bombeiros e do Presidente da Federação Distrital de Bombeiros, bem como do Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, e responsável pelo pelouro da Protecção Civil, Ricardo Aires.

Ao longo da sessão, as instituições presentes apresentaram o seu plano de atividades para o ano de 2015, tendo, simultaneamente, sido realizada uma análise e procura de soluções para que estas entidades continuem a melhorar os serviços que prestam à comunidade.

Simultaneamente, decorreu ainda a Comissão Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios, onde foi aprovado o Plano Operacional Municipal para o ano de 2015, que definiu as medidas de defesa contra incêndios a utilizar durante o corrente ano, com medidas preventivas bastante elogiadas por todos os presentes.

Ricardo Aires, Presidente da Autarquia Vilarregense, adiantou que “Vila de Rei encontra-se sempre de portas abertas para receber iniciativas deste género, que promovem o debate e a troca de ideias para que se encontrem as melhores soluções para a segurança e bem-estar de toda a comunidade.”

Vila de Rei: Celebrações religiosas da Rainha Sta. Isabel de 13 a 17 de Maio

rainha sta

Vila de Rei recebe, de 13 a 17 de Maio, as celebrações religiosas da Tradicional Festa da Rainha Santa Isabel, numa iniciativa organizada pela Fábrica da Igreja Paroquial de Vila de Rei, com o apoio do Município de Vila de Rei.

As celebrações têm início pelas 21h00 de quarta-feira, 13 de Maio, com uma procissão entre a Capela de Nª Senhora da Guia e a Igreja Matriz, com a imagem da Rainha Santa Isabel.

No domingo, 17 de Maio, pelas 14:00 horas, terá lugar a tradicional eucaristia solene e procissão, acompanhada pela Banda Filarmónica União Sardoalense, onde desfilarão as figuras tradicionais e se incorporarão os Bombeiros Voluntários que farão a “guarda de honra” à Rainha Santa.

No final da procissão, a Banda Filarmónica União Sardoalense dará um concerto no Parque da Senhora da Guia e serão leiloadas as fogaças por voluntários das respetivas povoações.

A 17 de Maio, a Câmara Municipal de Vila de Rei organiza paralelamente o VI Mercado Medieval, realizado no Largo da Misericórdia e na Rua Rainha Sta. Isabel.

Este evento terá a presença de dezenas de expositores e mais de uma centena de figurantes, contando com momentos de Teatro, Música, Animação e Jogos Tradicionais, aos quais se juntará, pela primeira vez, a recriação de uma matança do porco tradicional.

“Energias Alternativas e Eficiência Energética” em debate na Assembleia Municipal

assembleia2

A Assembleia Municipal de Vila de Rei vai receber, já na sua próxima edição a 23 de Abril, a sua segunda Sessão Temática, subordinada ao tema “Energias Alternativas e Eficiência Energética”.

A iniciativa tem como objetivo ser um fórum de discussão de estratégias locais de produção de energia, partilha de boas práticas e avaliação de oportunidades.

O uso eficiente de energia, a possibilidade de valorização energética de resíduos produzidos pelas indústrias, o custo da energia e a aposta na micro e mini produção de energia a partir de fontes renováveis são algumas das questões que serão debatidas nesta Sessão.

O público-alvo são, para além dos membros da assembleia municipal, os responsáveis de entidades públicas, empresários, estudantes e, de uma forma geral, todos os munícipes interessados.

Presentes como oradores desta iniciativa estarão Tiago Gaio, da AREANA Tejo - Agência Regional de Energia e Ambiente do Norte Alentejano e Tejo; Pedro Lopes, da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Portalegre, e Marcos Nogueira e Mónica Martins, da MédioTejo21 - Agência Regional de Energia e Ambiente do Médio Tejo e Pinhal Interior Sul.

Vila de Rei: “Encontros Documentais: Formar e Educar” debateu Bibliotecas na sua última sessão

encontros3

A Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, em Vila de Rei, recebeu, no dia 17 de Abril, a terceira e última sessão da iniciativa “Encontros Documentais”, este ano com o tema “Formar e Educar”.

A iniciativa, subordinada à temática “Bibliotecas”, contou com cerca de 40 pessoas na assistência e com as palestras de Carlos Pinheiro, do Agrupamento de Escolas Leal da Câmara, Fátima Rocha, do Agrupamento de Escolas Queluz – Belas, de Helena Felizardo, do Agrupamento de Escolas Rainha Sta. Isabel, e de Humberto Neves, fundador da empresa Ardózia.

A importância das Bibliotecas enquanto espaço de suporte às aprendizagens, a sua grande mais-valia enquanto local de acesso a variadas tecnologias por parte de diferentes públicos-alvo e a sua importância na promoção da leitura e no desenvolvimento da capacidade de pesquisa foram alguns dos principais pontos debatidos durante a iniciativa.

Presente na abertura da sessão, o Vice-Presidente do Município de Vila de Rei, Paulo César Luís, referiu que “cada vez mais, as Bibliotecas vêm reforçando o seu importante papel, não apenas no contexto escolar, mas como um espaço capaz de atrair públicos de várias idades e de realizar atividades intergeracionais que promovem a integração da população mais idosa na sociedade atual e a sua ligação com os mais jovens.”

A iniciativa “Encontros Documentais tem o objetivo de reunir técnicos, especialistas, académicos e peritos  com nome firmado nestas áreas, debatendo assuntos considerados importantes quer para a profissão em si quer para os serviços e cidadãos.

cpcj banco voluntariado  prot civil2 logoPinhalMaior

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies