Vila de Rei: Caminhantes à descoberta da Grande Rota do Zêzere

grz1 final

A ZêzereTrek, numa parceria com o Município de Vila de Rei, organizou, no dia 25 de abril, o primeiro de quatro Passeios Pedestres que irão percorrer o percurso Vilarregense da Grande Rota do Zêzere.

Perto de 30 caminhantes percorreram assim o troço que liga as aldeias de Vilar do Ruivo e Alcamim, numa extensão de cerca de 10 km.

O percurso e as paisagens que este proporciona foram alvo de rasgados elogios por parte dos participantes, que demonstraram a sua satisfação e a vontade em realizar o restante troço Vilarregense da Grande Rota do Zêzere.

Os próximos Passeios Pedestres pela Grande Rota do Zêzere estão já agendados para 18 de junho (Alcamim – Trutas), 3 de setembro (Trutas – Macieira) e 17 de setembro (Macieira – Penedo Furado).

“O Senhor Empreendedorismo” visita crianças Vilarregenses em peça de Teatro

teatro clds

A equipa do CLDS 3G de Vila de Rei, com o apoio da Câmara Municipal e do Agrupamento de Escolas de Vila de Rei, organiza, pelas 15h30 do próximo dia 8 de maio, uma sessão teatral intitulada “O Senhor Empreendedorismo”.

A iniciativa vai ter lugar no Auditório Municipal de Vila de Rei e será dinamizada por uma equipa técnica especializada da entidade “Academia de Empreendedorismo – BETWEIEN”.

De entrada livre, a ação destina-se às crianças do pré-escolar, 1º ciclo e respetivos pais e educadores.

Vila de Rei: “25 de abril” celebrado em Sarau Cultural

sem titulo 227

A Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, em Vila de Rei, vai receber, no próximo dia 27 de abril, um Sarau Cultural alusivo às comemorações do 42º aniversário do “25 de abril”.

A iniciativa terá lugar pelas 15h30 e contará com momentos musicais e de declamação de poesia por parte dos alunos das turmas do 9ºA e 9ºB do Agrupamento de Escolas de Vila de Rei, para uma assistência onde estarão presentes os alunos do 1º ciclo.

Obras de beneficiação do acesso ao Centro Geodésico arrancam em breve

centro geodesico

O Município de Vila de Rei e a A M Cacho & Brás assinaram já o contrato para a realização dos trabalhos de beneficiação do acesso ao Centro Geodésico.

Das onze empresas que concorreram ao Concurso Público lançado pelo Município, a A.M. Cacho & Brás foi a firma que apresentou o preço mais baixo para a execução da obra, tendo sido esta assim adjudicada pelo valor de 131.742,23€ + IVA.

Entre os trabalhos a executar encontram-se, entre outros, o alargamento da estrada de acesso e repavimentação da mesma, criação de uma maior área de estacionamento (incluindo um espaço próprio para autocarros), criação de um acesso pedonal e ciclovia, criação de um quiosque junto à zona de merendas e sombreamento da mesma.

O Presidente do Município de Vila de Rei, Ricardo Aires, adianta que “com as obras de beneficiação do acesso ao Centro Geodésico de Portugal – um dos principais ex-libris do Concelho – vamos melhorar as condições com que recebemos os milhares de visitantes que anualmente visitam este local.”

Prevê-se que os trabalhos adjudicados se encontrem concluídas no prazo máximo de três meses.

Vila de Rei: I Festival das Sopas e Petiscos de Vila de Rei chega a 30 de abril e 1 de maio

festival sopas

O Município de Vila de Rei, com o apoio do CLDS 3G, Junta de Freguesia da Fundada e do C.C.D.R. da Fundada, vai organizar, nos próximos dias 30 de abril e 1 de maio, o I Festival das Sopas e Petiscos de Vila de Rei.

O evento vai ter lugar no Pavilhão Polidesportivo da Fundada entre as 12h00 e as 23h00 de sábado, 30 de abril, e entre as 12h00 e as 18h00 de domingo, 1 de maio.

A entrada no recinto terá um custo de 2€, dando direito a um kit do Festival (com sacola, tigela e colher) e a experimentar as perto de 20 sopas elaboradas pelas 10 Associações do Concelho que aderiram a esta iniciativa.

A programação do certame contará também com animação musical por parte do Grupo de Concertinas da Casa do Benfica de Vila de Rei, pelas 12h00 do dia 30 de maio, pelo Encontro de Tocadores de Instrumentos Tradicionais, a partir das 16h00, e do Grupo de Cantares “A Bela Serrana”, pelas 21h00. No dia 1 de maio terão lugar as atuações da Orquestra Clássica e Tradicional da Escola de Música de Vila de Rei, pelas 12h00, da Classe Conjunta interpretada pelos alunos do Ensino Articulado de Música do Agrupamento de Escolas de Vila de Rei / Canto Firme, pelas 14h00, e do Rancho Folclórico da Fundada, pelas 16h00.

Na manhã de 30 de maio, pelas 09:00 horas, vai ainda ser realizado o “Passeio Interpretativo pelo Património da Fundada”. Organizado pelo Município de Vila de Rei, o passeio não carece de inscrição e vai levar os participantes a percorrerem os principais pontos turísticos, culturais e patrimoniais da Fundada. O ponto de encontro está marcado para as 09:00 horas, junto da Igreja Paroquial da Fundada.

No mesmo dia, e igualmente pelas 09:00 horas, vai ter lugar, no recinto do Pavilhão Polidesportivo da Fundada, o jogo “Glória da Reciclagem”, numa ação promovida pela Valnor. Esta iniciativa, que não carece igualmente de inscrição prévia, pretende mostrar a importância dos bons hábitos de reutilização e reciclagem das embalagens.

Dias 30 de maio e 1 de abril, visite o Festival das Sopas e Petiscos de Vila de Rei, com o melhor da gastronomia, artesanato e produtos endógenos. 

Vila de Rei: Município mostra boa saúde financeira na Prestação de Contas de 2015

contas2015

O Município de Vila de Rei aprovou, por maioria na última reunião ordinária do executivo, realizada a 18 de abril, a prestação de contas relativas ao ano financeiro de 2015.

Os documentos aprovados, nos mapas de controlo orçamental da receita e da despesa, mostraram que a execução orçamental foi de 96,10% e 85,49% respetivamente, demonstrando a capacidade do Município na concretização do orçamento aprovado.

Apesar de condicionada pela situação conjuntural que o país atravessa, a situação económica e financeira do Município de Vila de Rei apresenta bons indicadores, de onde se destaca a boa capacidade de endividamento e as obrigações para com terceiros, que diminuíram substancialmente em relação a anos anteriores. O valor em dívida de empréstimos contraídos a médio e longo prazo diminuiu de 2014 para 2015.

De salientar ainda que o Município apresentou, ao longo de 2015, um prazo médio de pagamento a fornecedores de 21 dias.

No que diz respeito ao limite da dívida total de operações orçamentais do Município para o ano de 2015, esta representa apenas 30,54% do total, o que perfaz uma margem de endividamento muitíssimo favorável de 4.333.261,51€ ou 69,46%.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Ricardo Aires, realça que “apesar da conjuntura económica pouco favorável no nosso País, Vila de Rei conseguiu, uma vez mais, apresentar números económico-financeiros bastante positivos. Terminámos novamente o ano civil sem pagamentos em atraso e com fundos disponíveis positivos que permitem a assunção de novos compromissos.”  

cpcj banco voluntariado  prot civil2 logoPinhalMaior
  Logo-Turismo  LogoMT  

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies