Hotel Vila de Rei preparado para funcionar como Unidade de Retaguarda

hotel site

Como medida preventiva face ao alastrar e ao combate à epidemia da Covid-19, o Hotel Vila de Rei encontra-se já preparado para funcionar como Unidade de Retaguarda, podendo assim, em caso de necessidade, apoiar e receber doentes contaminados com o vírus SARS-CoV-2.

A decisão, tomada pelos representantes da Proteção Civil Municipal, Delegada de Saúde, Diretora do Centro de Saúde de Vila de Rei e equipa de Bombeiros, cria assim uma unidade de prevenção com 17 quartos, equivalentes a 34 camas, a que se juntam mais 80 camas divididas pelos dois salões do edifício.

O Município de Vila de Rei encontra-se igualmente a distribuir equipamentos de proteção individual pelas IPSSs e unidades de Proteção Civil (Bombeiros e GNR) do Concelho. Do lote de material a entregar, fazem parte:

- luvas (com parte delas a serem cedidas pela Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade);

- máscaras Cleanroom;

- máscaras cirúrgicas;

- máscaras FFP2;

- fatos de proteção;

- cobre-sapatos em polietileno branco;

- toucas descartáveis;

- mangas descartáveis;

- óculos de proteção;

- aventais descartáveis;

- viseiras (criadas e oferecidas por Paulo Mendes, da freguesia da Fundada).

 

Parte deste material foi já distribuído, sendo que será totalmente entregue às devidas instituições nos próximos dias.

 

O Presidente da Autarquia Vilarregense, Ricardo Aires, afirma que “o Município de Vila de Rei encontra-se a trabalhar com o objetivo de proporcionar as devidas medidas preventivas face ao alastrar desta epidemia global. A preparação do Hotel Vila de Rei para funcionar como Unidade de Retaguarda é uma desses importantes medidas que, embora todos queiramos que não venha a ser necessário utilizar, vem salvaguardar possíveis Vilarregenses infetados.

Estamos também a distribuir, junto das unidades de segurança do Concelho e das nossas IPSSs, equipamentos de proteção individual para que todos estes homens e mulheres que se encontram na linha da frente no combate a este vírus possam estar devidamente equipados, protegendo-se a si e a todos aqueles com quem contactam durante o seu importantíssimo trabalho. A função de todos estes profissionais é de grandessíssima importância e nunca é de mais louvar o esforço que todos têm feito em prol da comunidade.

Quero aproveitar a oportunidade para agradecer a total disponibilidade dos representantes do Hotel Vila de Rei na cedência do espaço e as IPSSs do Concelho que auxiliaram através da cedência de equipamento para a criação desta Unidade de Retaguarda.”

Feira de Enchidos, Queijo e Mel, Cestaria e Tecelagem são candidatos a “7 Maravilhas da Cultura Popular”

cultura site

A Feira de Enchidos, Queijo e Mel, assim como a cestaria e a tecelagem do Concelho são candidatos ao concurso “7 Maravilhas da Cultura Popular”, que pretende promover o Património Imaterial de Portugal, elevando a nossa Cultura Popular a um patamar de causa pública.

A cestaria e a tecelagem concorrem na categoria de “Artesanato”, enquanto que a Feira de Enchidos, Queijo e Mel faz parte da categoria de “Festas e Feiras”.

O concurso “7 Maravilhas da Cultura Popular” é organizado à escala nacional e pretende mostrar os “valores únicos nacionais e a sua dimensão de multiculturalidade, onde a expressão da sua autenticidade se encontra em cada um de nós, em cada aldeia, vila ou cidade”.

Numa próxima fase, um Painel de Especialistas vai analisar e escolher 21 Patrimónios Candidatos por cada Distrito ou Região. Depois de fixada esta lista, o Painel de Especialistas volta a reunir para reduzir a 7 Finalistas Regionais, que serão posteriormente apresentados para votação por parte do público.

Ricardo Aires, Presidente do Município Vilarregense, destaca que “o Concelho de Vila de Rei apresenta um património cultural bastante rico e diversificado. Para além do artesanato – onde a cestaria e a tecelagem se mostram como uns dos principais produtos endógenos da região – temos ainda a Feira de Enchidos, Queijo e Mel, que mostra o que de melhor se produz na zona centro e que recebe largos milhares de visitantes todos os anos. Estamos em crer que a participação no concurso ‘7 Maravilhas da Cultura Popular’ pode vir a contribuir para uma maior divulgação deste nosso património, fazendo-o chegar a um maior e mais diversificado público.”

Vila de Rei recebeu Ação de Sensibilização da GNR para os condutores da região

gnr covid

Vila de Rei foi palco, na tarde de 3 de abril, de uma Ação de Sensibilização da GNR com vista a alertar os condutores que entram na região sobre os devidos comportamentos a adotar nesta fase de isolamento social e/ou quarentena devido ao alastrar da doença Covid-19.

A iniciativa foi realizada em parceria com os Municípios de Vila de Rei, Mação e Sertã, Juntas de Freguesia, equipas de Proteção Civil e de Bombeiros Voluntários destes três concelhos, e contou com representantes destas entidades, nomeadamente do Presidente do Município Vilarregense, Ricardo Aires.

Para além de fiscalizar as devidas autorizações de circulação na via pública durante o Estado de Emergência, os militares da GNR tinham como principal objetivo sensibilizar os condutores que, vindos de diferentes partes do País, entravam na região para aqui desfrutarem do fim-de-semana ou época Pascal. A todos era dada a informação da obrigatoriedade de cumprir o prazo de 14 dias de quarentena durante a sua estadia.

A ação foi realizada na entrada Sul de Vila de Rei, alcançado desta forma todos os veículos que chegavam a Vila de Rei pela entrada mais próxima da A23.

Para Ricardo Aires, Presidente da Autarquia Vilarregense, “esta ação assume uma elevada importância naquilo que é a sensibilização para os comportamentos obrigatórios a ter nesta fase em que vivemos. Aproveito também para relembrar todos os migrantes e imigrantes que cheguem a Vila de Rei nesta altura que devem, obrigatoriamente, cumprir um período de 14 dias de isolamento.”

gnr covid2

 

17º Rock na Vila adiado: confirma a nova data do teu Festival!

rock Set2

Como medida preventiva face à atual conjuntura nacional de propagação do vírus SARS-coV-2, responsável pela doença Covid-19, e seguindo as diretrizes preventivas da Direção Geral de Saúde, o Município de Vila de Rei decidiu adiar a realização do 17º Rock na Vila para uma nova data.

O Festival vai agora ter lugar nos dias 25 e 26 de setembro, mantendo-se numa data em que se espera bom tempo e em que os visitantes poderão usufruir do campismo gratuito e desfrutar das várias praias fluviais da região.

Com o reagendamento do Festival Rock na Vila, alguns dos nomes presentes serão forçosamente alterados. Contudo, a organização garantiu já a manutenção de nomes como Plutonio, Artigo 21, Mercadoria, Paloma del Pillar, TrueKey e dos DJs Nuno Calado e Kiss Kiss Bang Bang.

As entradas para o 17º Festival Rock na Vila continuarão a ser gratuitas, tal como o campismo que apresenta excelentes condições para quem desejar acampar e usufruir do evento em toda a sua plenitude.

Acompanha o Facebook oficial do evento em https://www.facebook.com/festivalrocknavila e, nas próximas semanas, fica a conhecer os novos nomes para o teu Festival.

17º Festival Rock na Vila nos dias 25 e 26 de setembro!

Atreve-te a desfrutar!

rock set

Paróquia de Vila de Rei lança sugestões para celebração da Páscoa em casa

pascoa22

A Paróquia de Vila de Rei, em parceria com a delegação Vilarregense das Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria, lançam um conjunto de sugestões para que as pessoas possam assinalar as comemorações Pascais a partir das suas próprias casas.

Solicitando que as pessoas se “juntem numa onda de solidariedade e manifestação de fé”, numa Páscoa que será “celebrada de maneira diferente, nos nossos lares familiares”.

O programa sugerido engloba quatro datas diferentes: Domingo de Ramos (5 de abril), Quinta-feira Santa (9 de abril), Sexta-feira Santa (10 de abril) e Domingo de Páscoa (12 de abril). Nestes dias, é sugerida a colocação de diferentes objetos nas janelas, portas ou varandas, mostrando o apoio e a alegria desta data festiva.

Assim, no Domingo de Ramos é sugerida a colocação de um ramo de oliveira ou outra planta. Na Quinta-feira Santa, é a vez de colocar flores. Na Sexta-feira Santa sugere-se a colocação de um crucifixo, cruz de madeiro ou pano roxo. Por fim, no Domingo de Páscoa – “Alegria da Ressurreição”, é proposta a colocação de uma colcha, pano branco, fita branca e flores.

Exercício físico em casa: Município sugere novo treino

treino casa2

Mesmo em tempos de isolamento social, o exercício físico pode e deve continuar a fazer parte do dia-a-dia da população.

O Município de Vila de Rei volta a sugerir um possível treino para realizar em sua casa, sem necessidade de utilizar qualquer tipo de material adicional.

Mesmo em casa, Treinos de 20 a 30 minutos já contribuem para a perda de massa gorda, aceleração do metabolismo, manutenção e crescimento de massa magra, melhor condicionamento cardiorrespiratório, combate o stress, melhora o humor e garante a sensação de bem-estar.

E, acima de tudo, respeite as recomendações das autoridades competentes: aplique os corretos métodos de higiene das mãos, evite encontros sociais e permaneça em casa o máximo de tempo possível.

O primeiro treino sugerido está disponível em: http://www.cm-viladerei.pt/index.php/pt/viver/covid-19/exercicio-fisico 

Treino 2

cpcj banco voluntariado  prot civil2 logoPinhalMaior
  Logo-Turismo  LogoMT  

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies