Plataforma ODSlocal

A Plataforma ODSlocal (Plataforma Municipal dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) é um projeto pioneiro à escala mundial que visa mapear e divulgar a adesão aos 17 ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU) na Agenda 2030, através da mobilização dos municípios portugueses com metas bem definidas e mensuráveis, contribuindo para melhorar a vida das comunidades locais e estabelecer maior proximidade aos cidadãos.

Consulte aqui, o mapeamento dos ODS no Município de Vila de Rei

Rede de fontes e fontanários

O Decreto-lei nº 306/2007, de 27 de agosto, que estabelece o regime da qualidade da água destinada ao consumo humano, na sua atual redação, obriga a que sejam efetuadas análises nos fontanários não ligados à rede pública de distribuição de água que sejam origem única de água para consumo humano e propriedade do Município.

Dos fontanários existentes no concelho de Vila de Rei nenhum é origem única de água para consumo humano, pelo que não se verifica a obrigatoriedade de realizar um Programa de Controlo da Qualidade da Água, estando apenas devidamente sinalizados com as placas de “Água não controlada”, em conformidade com a legislação em vigor.

Consulte aqui a rede de fontes e fontanários existentes em cada uma das Juntas de Freguesia:

Limpeza de fossas

Garantir a limpeza regular de fossa séptica é uma requisito fundamental para manter o seu bom funcionamento.

A ausência de limpeza pode provocar diversos problemas, decorrentes principalmente da acumulação de lodo e outro tipo de resíduos. O excesso desse material anteriormente enunciado pode fazer com que os resíduos e lodo presentes no interior da  fossa transbordem.

Caso isso aconteça ocorrerá  a exalação de  maus odores o que pode originar mais facilmente o aparecimento de pragas como roedores.

Para assegurar a eficiência do tratamento de águas residuais, as fossas séticas devem ser limpas anualmente, devendo existir o cuidado de não remover a totalidade das lamas, de modo a garantir a continuidade dos microrganismos necessários para degradar a matéria orgânica.

O munícipe pode solicitar a limpeza da sua fossa a serviços privados da especialidade ou solicitar ao Município, através do preenchimento do requerimento disponível nos serviços online.

Contactos

Entidade responsável pela manutenção da praia fluvial:

Município de Vila de Rei

Praça FamiliaMattos Silva Neves

6110-174, vila de rei

Telf. 274 890 010

e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Outros contatos úteis:

Bombeiros: 274 890 030

Centro de Saúde Vila de Rei: 274 890 190

Número do Serviço de Proteção Civil: 912 263 895

Centro Hospitalar de Abrantes: 241 363 211

Guarda Nacional Republicana: 274 890 020

Condições de acessibilidade

Na utilização da Praia Fluvial do Bostelim, pode contar com as seguintes condições de acessibilidade:

  • Acesso pedonal fácil e livre de obstáculos, a partir da via pública envolvente, até uma entrada acessível da zona balnear;
  • Estacionamento ordenado e com dois lugares reservados para viaturas ao serviço das pessoas com deficiência condicionadas na sua mobilidade, localizados o mais próximo possível dessa entrada;
  • Rede de percursos pedonais acessíveis na praia, totalmente livre de obstáculos e de interrupções. No caso dos desníveis existentes, os degraus são complementados por rampas suaves acessíveis a pessoas com mobilidade condicionada. Esta rede de percursos acessíveis conduzirá necessariamente: à zona de banhos de sol o mais próximo possível da água; a instalações sanitárias adaptadas e a um posto de primeiros socorros acessível;
  • Presença de nadador-salvador;
  • Equipamento anfíbio para o banho e/ou o passeio na praia de pessoas com mobilidade reduzida;
  • Vestiários, duches, bebedouros e lava-pés acessíveis a todos;
  • Espaços de acolhimento e apoio, com sombra, reservados a pessoas com mobilidade condicionada;
  • Acolhimento personalizado e orientação de pessoas com deficiência visual;
  • Bar de praia e esplanada acessíveis a todos;
  • Atividades lúdicas e pedagógicas acessíveis e inclusivas;
  • Informação ao público em formatos acessíveis e em diversos suportes.

Horário de abertura

O período de duração da época balnear decorre de 15 de junho a 15 de setembro.

Praia Fluvial do Bostelim:

Horário de abertura:

  • Das 10 horas às 20 horas.

Horário do nadador salvador:

  • Das 11 horas às 19 horas.
cpcj banco voluntariado  prot civil2 logoPinhalMaior
 GCA Signatories Label 320x150 Logo-Turismo  LogoMT  

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies