Cooperativa de Produtores de Mel de Vila de Rei

Logotipo MELREI
Morada

Rua Abílio dos Santos (Antigo Edifício da Escola C+S)

6110-344 Vila de Rei

Contactos

Tlm. 966 420 973

E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Principais atividades: venda de mel e material apícola

Data da constituição: 23 de Setembro de 1989

 

Orgãos Sociais

Em resultado do processo eleitoral que decorreu no dia 24 de Agosto de 2011, foram eleitos os corpos sociais para o triénio 2011-2014:


Assembleia-Geral

Presidente: Fernando Martins Mendes da Silva
Vice-Presidente: Pedro José Farinha Cardoso
Secretário: Américo Luís Mendes Lourenço

Direção

Presidente: Bruno Alexandre Furtado da Silva Cardoso
Secretário: Jorge Dias Henriques
Tesoureiro: José Manuel Grácio Almeida

Conselho Fiscal

Presidente Eduardo José Martins Tavares
Secretário: Salomé Paulino Peralta
Vogal: João Lucas André Branco

Entrevista

ENTREVISTA AO PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO NO BOLETIM INFORMATIVO DE VILA DE REI N.º 57 (ABRIL DE 2008)

Colmeias

Há quantos anos existe a MelRei?

R: A MelRei existe desde 1990, data em que um conjunto de apicultores entusiastas decidiu criar uma cooperativa e fomentar a actividade apícola no concelho, já por si com tradição na apicultura. Em finais da década de 90, cessou actividade por motivos relacionados com a falta de uma direcção que garantisse os objectivos pretendidos e pelo abandono de alguns membros, que sobretudo pela idade, deixaram de se dedicar à apicultura. No início de 2007, um novo grupo formado por antigos cooperantes decidiu reactivar a cooperativa, o que se veio a concretizar em Setembro de 2007 com o apoio do Município.

Quais são os seus objectivos?

R: Os objectivos da MelRei são, acima de tudo, os de fomentar a actividade apícola dos seus membros e de outros interessados pela apicultura, mas também fornecer bens e serviços adquiridos ou produzidos por si própria, regularizar a comercialização, nas melhores condições e preços do mel e restantes produtos apícolas produzidos; e promover acções de formação. Temos também a vontade de intervir noutros campos, mas essa situação ainda está em fase de discussão.

Quais são as acções já implementadas ou que pretende implementar e gostaria de salientar?

R: Neste momento já conseguimos regularizar o funcionamento da Cooperativa, depois de tantos anos sem actividade e já estamos a comercializar produtos para a apicultura. Também fazemos parte de uma zona controlada, que nos garante apoios em termos de sanidade apícola. Futuramente queremos candidatar-nos a ajudas comunitárias atribuídas a este sector, para adquirirmos materiais necessários ao nosso funcionamento, construir uma central meleira e, juntamente com outras associações e cooperativas congéneres, conseguir certificar o nosso mel para facilitar a comercialização.

Qual tem sido a receptividade dos produtores de mel do concelho de Vila de Rei?

R: A receptividade tem sido muito boa, uma vez que a maioria dos produtores comentam que agora não precisam deslocar-se para fora do concelho para comprarem a maioria dos produtos que necessitam e já temos pessoas interessadas em aderir à cooperativa, sobretudo de concelhos vizinhos, o que nos agrada bastante.

E em termos de venda? Onde se processa e qual a resposta dos consumidores?

R: A venda está a ser um pouco complicada por causa da concorrência do mel chinês e australiano. Esperamos, contudo, que o facto de este ano termos um stand na Feira de Enchidos, Queijo e Mel para divulgar a nossa Cooperativa estimule a compra local. Futuramente, com um processo de certificação com outras cooperativas e associações, esperamos passar a vender para um mercado maior.

Ass. Bruno Cardoso

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies