Associação Produtores Florestais de Vila de Rei

Produtores Florestais VR
MORADA:

Edifício da Câmara Municipal de Vila de Rei

6110-174 Vila de Rei

Contacto:

Norberto Martins de Oliveira – 917 072 312
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Órgãos Sociais

Em resultado do processo eleitoral, os corpos sociais eleitos tomaram posse a 30/10/2011 para o triénio 2011-2014:

Assembleia-Geral

Presidente: Raul da Silva Matias
1º Secretário: Abel Joaquim Dias
2º Secretário: Manuel Alves André

Direção

Presidente: Norberto Martins de Oliveira
Vice-Presidente: Adelino Lopes Vicente
1º Secretário: Lino de Oliveira
2º Secretário: José Manuel Pires Nunes Barreto
Tesoureiro: José Carlos Gaspar Martins Gomes

Conselho Fiscal

Presidente: João Firmino de Oliveira
1º Secretario: José Luís Dias
2º Secretário: Maria Beatriz de Sá Gomes Fernandes

Entrevista

ENTREVISTA AO PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO NO BOLETIM INFORMATIVO DE VILA DE REI N.º 75 (MAIO DE 2014)

Quando foi criada a Associação de Produtores Florestais de Vila de Rei?

R: A Associação de Produtores Florestais do Concelho de Vila de Rei foi fundada em 17 de fevereiro de 1988 e, no ano de 2000 foi criada a equipa de Sapadores Florestais, constituída atualmente por 5 elementos.

A Associação tem por objetivo a defesa e promoção dos interesses dos produtores e proprietários florestais, o desenvolvimento de ações de preservação e valorização das florestas, dos espaços naturais, da fauna e da flora, bem como, de uma maneira geral, a valorização do património fundiário e cultural dos associados.

Quais são as principais iniciativas que a Associação tem vindo a desenvolver?

R: A Associação de Produtores Florestais do Concelho de Vila de Rei tem vindo a aumentar o seu leque de atividades, que vão desde o apoio a projetos florestais até às ajudas à pequena agricultura, apoiando não só os seus associados mas todos os Vilarregenses em geral.

Desde a nossa fundação, temos vindo a realizar diversos projetos que vão, por exemplo, desde o apoio agrário nas candidaturas ao programa Ruris, desenvolvimento de ações de informação e formação agro-florestais, mediação das relações entre Entidades Públicas e Agricultores, participação na elaboração do plano de Defesa da Floresta para o Concelho e Gestão do Parque de Salvados (Incêndios de 2003).

Destacamos ainda os trabalhos de limpeza de mato efetuados pela equipa de sapadores florestais, que podem ser requisitados para prestar essas operações de silvicultura preventiva (a sócios e não sócios).

Fomos também responsáveis pela execução da limpeza de Faixas de Gestão de Combustível na Rede Primária em diversos pontos do Concelho (desde Amêndoa até Ferreira do Zêzere, e desde a Ribeira da Isna até à Ribeira do Codes).

No Verão, em dias de Alertas e maior calor, estamos em vigilância preventiva contra incêndios no Castro de São Miguel (Serra da Ladeira).

A sensibilização dos Vilarregenses é impriscindível para os fins que pretendemos atingir, para bem do Concelho.

Com que apoios contam para desenvolver estes projetos?

R: Para a realização dos nossos projetos, contamos com o apoio principalmente de todos os associados e Vilarregenses, do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, do Município de Vila de Rei, Juntas de Freguesia e restantes entidades do concelho.

Que projetos tem a Associação de Produtores Florestais do Concelho de Vila de Rei para o futuro?

R: Para o futuro esperamos continuar a desenvolver as atividades de apoio agrário e florestal atualmente desenvolvidas pela Associação, prestar apoio na reabilitação de ribeiras com fins de proteção aos incêndios, realizar a divulgação das atividades da Associação através de uma intensificação na comunicação social e participar em eventos de cariz técnico e/ou cultural. Pretendemos também desenvolver parcerias estratégicas com outras entidades públicas e privadas, mantendo o diálogo entre os organismos e entidades do Concelho (Juntas de Freguesia, Autarquia e Bombeiros, entre outros) e a Associação.

Faz ainda parte dos nossos projetos a identificação das parcelas agrícolas e florestais dos associados via GPS, mediante meios informáticos - B.I. das parcelas e constituir a Associação como Instituição de Utilidade Pública.

ESTAMOS PARA O SERVIR

A prevenção dos fogos florestais começa por si! 

 
Ass. Norberto Oliveira

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies