Férias Desportivas de Verão 2020: inscrições abertas a 15 de junho

fd verao20

As inscrições para as Férias Desportivas de Verão, para jovens dos 6 aos 14 anos e para as crianças dos 3 aos 5 anos, que irão funcionar de 29 de junho até ao início do novo ano letivo, vão abrir a partir do dia 15 de junho.

As atividades a desenvolver pretendem ocupar os tempos livres dos mais jovens através de ações lúdico-pedagógicas que proporcionam variados momentos de diversão e interação.

As inscrições encontram-se a decorrer na Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, funcionando nos seguintes moldes:

    • - período de 29 de junho a 31 de julho de 2020 - inscrições abertas (e respetivo pagamento) de 15 a 23 de junho;
    • - período de 3 a 28 de agosto de 2020 – inscrições abertas (e respetivo pagamento) de 20 a 28 de julho;
    • - período de 31 de agosto até ao início das aulas no próximo ano letivo – inscrições abertas (e respetivo pagamento) de 17 a 25 de agosto.

No ato da inscrição é necessário apresentar o cartão de cidadão da criança e dos pais ou responsáveis. Para crianças residentes/estudantes no Concelho, é necessário apresentar a declaração atualizada do escalão de abono de família emitido pela Segurança Social que comprove a atribuição de escalão A, B ou C.

Mais informações através dos contatos 274 890 000 ou 938 701 169. Os valores a pagar podem ser consultados nos Serviços Online do website do Município de Vila de Rei (separador 'Educação), em http://servicosonline.cm-viladerei.pt/servicosonline/.

Será garantido o cumprimento de todas as normas de higiene, proteção e segurança para crianças e funcionários, de acordo com as medidas, na altura em vigor, estabelecidas pela Direção-Geral de Saúde.

fd verao202

Município de Vila de Rei avança para a segunda fase dos Passadiços do Penedo Furado

passad 2fase

O Município de Vila de Rei vai avançar para a segunda fase dos Passadiços do Penedo Furado, encontrando-se já a decorrer, até 15 de junho, a respetiva Consulta Prévia e fase de apresentação de propostas.

A obra tem um preço base de 105.280,00€ + IVA, com um prazo de execução de quatro meses, e vai ligar o atual término dos Passadiços ao miradouro das Fragas do Rabadão. Ao todo, serão intervencionados 760 metros de distância (com regularização do piso e colocação de guardas em madeira) e criados mais 260 metros de passadiços em madeira. Os trabalhos vão ainda criar uma via de acesso à Bicha Pintada em passadiço de madeira, remoção de grades metálicas e consequente substituição por madeira e substituição de pontes em betão por pontes em madeira.

O Vice-Presidente da Autarquia Vilarregense e responsável pelo pelouro do Turismo, Paulo César Luís, afirma que “depois do enorme sucesso atingido com a criação dos Passadiços do Penedo Furado – que ajudou bastante a impulsionar ainda mais o turismo em Vila de Rei – tornava-se necessário expandir esta infraestrutura para que os visitantes possam, de forma mais rápida, fácil, segura e acessível, chegar a novos pontos e miradouros.

O Turismo tem, cada vez mais, vindo a afirmar-se como uma das áreas que mais pode dinamizar e auxiliar a economia local e, desta forma, o alargamento dos Passadiços do Penedo Furado será mais um importante passo nesse sentido.”

Ancoradouro de Fernandaires pronto a entrar em funcionamento

ancoradouro202

Encontra-se já finalizado, e pronto a receber embarcações, o Ancoradouro da Praia Fluvial de Fernandaires, destinado a barcos de lazer e marítimo-turísticos.

As normas de utilização foram aprovadas pelo Executivo Municipal em reunião ordinária realizada a 5 de junho.

Os lugares de amarração do Ancoradouro são atribuídos pela Câmara Municipal de Vila de Rei aos proprietários de embarcações que sejam titulares de documentos de registo de embarcação e que residam ou operem habitualmente no Concelho de Vila de Rei, preferencialmente em Fernandaires.

O aluguer de espaços no Ancoradouro de Fernandaires apresenta os seguintes valores: 300€ + IVA por ano para titulares de um Cartão Etário Municipal; 500€ + IVA por ano para não titulares de um Cartão Etário Municipal; 150€ + IVA por mês para titulares de um Cartão Etário Municipal; 250€ + IVA por mês para não titulares de um Cartão Etário Municipal; amarração temporária gratuita até um máximo de três horas; 50€ + IVA por ano para embarcações tradicionais em madeira.

Todos os interessados na reserva de um espaço no Ancoradouro de Fernandaires devem enviar os seus dados (identificação pessoal, documentos de registo da embarcação e, caso se aplique, número do Cartão Etário) para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

A instalação de um ancoradouro na Praia Fluvial de Fernandaires vem possibilitar o reforço da prática de desportos náuticos nesta zona balnear, nomeadamente juntando mais condições para a prática de wakeboard com barco, para além da possibilidade já existente de utilizar o Cable Park da estância de Wakeboard de Fernandaires.

Com este ancoradouro, serão também reforçadas as condições para a realização de passeios de barco pela Albufeira, pesca desportiva e/ou recreativa, canoagem (facilitando a entrada e saída dos participantes), entre várias outras atividades.

Normas

Preços de aluguer

Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge promove estudo sobre saúde mental em tempos de pandemia

questionario covid

A COVID-19 tem exigido a todos nós alterações profundas no nosso modo de vida, com possíveis impactos na saúde mental e bem-estar, em particular para as pessoas que estão na primeira linha de combate à pandemia.
Por este motivo, o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge em colaboração com o Instituto de Saúde Ambiental da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e com a Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental, está a promover um estudo sobre a saúde mental e bem-estar em tempos de pandemia.

Poderá participar através do questionário disponível em https://smcovid19.limequery.com/286988?lang=.
Participe e partilhe.

Município abre Hasta Pública para venda de edifício em S. João do Peso

casa peso

O Município de Vila de Rei procedeu à abertura de Hasta Pública com vista à venda de uma habitação em S. João do Peso, rua Manuel Henriques de Oliveira.

O prédio urbano tem uma área total de 1350 m2, cuja área de implementação é de 249 m2, área de construção de 437,32 m2 e área descoberta de 1101 m2.

O preço base de licitação para a venda imediata da habitação é de 60.000€, com critério de adjudicação da proposta de valor mais alto. Os possíveis interessados deverão apresentar as suas propostas em invólucro opaco e fechado, com indicação no exterior da identificação da Hasta Pública, a denominação “Proposta” e a identificação do concorrente. Deve dar entrada na Divisão Financeira, Património e Ambiente da Câmara Municipal de Vila de Rei até às 16h00 do dia 29 de junho.

A abertura de propostas terá lugar pelas 15h00 do dia 30 de junho, na Sala das Sessões do Edifícios dos Paços do Concelho.

Todos os possíveis interessados deverão consultar o respetivo Caderno de Encargos e Programa de Procedimentos disponíveis em http://www.cm-viladerei.pt/index.php/pt/servicos-2/avisos-editais.

Boletim Municipal de Vila de Rei assinala 30 anos de publicações

boletim30

O Boletim Informativo de Vila de Rei assinala, na edição de maio que se encontra atualmente em distribuição, 30 anos de publicações ininterruptas.

A edição, que é já a número 93 desta publicação, dá especial ênfase à conjuntura causada pela pandemia da Covi-19 no Concelho de Vila de Rei, pretendendo igualmente servir como uma mensagem de esperança para os tempos que se avizinham. Junto com o Boletim Informativo de Vila de Rei, segue também, para as residências do Concelho, uma máscara comunitária como oferta.

O primeiro Boletim Informativo de Vila de Rei, na altura chamado ‘Boletim Informativo da Câmara Municipal de Vila de Rei’, surgiu em março de 1990. Nasceu a partir da necessidade de circulação de informação, constituindo-se como importante elo de ligação entre o Município e os Vilarregenses e estreitando relações entre Vila de Rei e as suas gentes, espelhadas pelos quatro cantos do mundo.

A vertente cultural do Município estava, na altura, a cargo do professor João Antunes dos Santos. Nascido a 2 de março de 1928, na freguesia de Cernache do Bonjardim, deixou um importante legado em Vila de Rei, com destaque para a autoria dos livros ‘Vila de Rei, sete séculos de história’, ‘Isabel Rainha Santa’ e pela edição do primeiro Boletim Informativo. Está ainda ligado à origem de algumas Associações Culturais que ainda hoje permanecem vivas.

O Boletim Informativo de Vila de Rei pode também ser consultado em www.cm-viladerei.pt.

cpcj banco voluntariado  prot civil2 logoPinhalMaior
  Logo-Turismo  LogoMT  

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies