Praias Fluviais do Penedo Furado e Bostelim em obras de recuperação e interditas ao público

pf1

Face aos elevados estragos causados pela Tempestade Elsa, no final do ano de 2019, as Praias Fluviais do Penedo Furado e do Bostelim estão, de momento, a serem alvo de profundas obras de remodelação e manutenção, estando, desta forma, interditas ao público.

As condições atmosféricas, com elevada pluviosidade ao longo dos primeiros meses de 2020, e a conjuntura de pandemia mundial causada pela Covid-19 tornaram impossível antecipar estes trabalhos, sendo que, só muito recentemente, com a melhoria das condições atmosféricas, foi possível dar início às obras.

O Município de Vila de Rei está a encetar esforços para que, caso as condições do estado do tempo continuem favoráveis, a Praia Fluvial e os Passadiços do Penedo Furado estejam abertos ao público no início da época balnear, a 1 de julho. A Praia Fluvial do Bostelim, pelas características próprias do terreno e da praia, terá obras mais prolongadas, não sendo possível para já antecipar uma data de abertura.

O Presidente da Autarquia Vilarregense, Ricardo Aires, adianta que “o Município está a trabalhar para que as Praias Fluviais do Penedo Furado e do Bostelim – duas zonas balneares que recebem anualmente milhares de visitantes – possam estar recuperadas o mais depressa possível. Contudo, neste momento, é importante que, para a sua própria segurança e salvaguarda, as pessoas não visitem estas praias e esperem pelo desenrolar dos trabalhos de recuperação.”

pf2

Quatro lojas no edifício Rainha Santa Isabel para arrendamento em Hasta Pública

sta isabel

O Município de Vila de Rei procedeu à abertura de Hasta Pública com vista ao arrendamento de quatro lojas situadas no edifício Rainha Santa Isabel, onde, até há pouco tempo, funcionavam as instalações do Ninho de Empresas e do Gabinete de Inserção Profissional.

No total são quatro lojas disponíveis para arrendamento, com as seguintes características: Fração A – Loja 1: 37,46m2 e renda de 125€ mensais; Fração A – Loja 2 – 41,73m2 e renda de 150€ mensais; Fração B – Loja 1: 55,83m2 e renda de 150€ mensais; Fração B – Loja 2/3: 19,33m2 e renda mensal de 100€.

O valor base de direito de acesso a cada loja é de 150€. Todos os interessados deverão submeter as suas propostas em carta fechada, contendo no rosto a expressão “Proposta para arrendamento de lojas do edifício Rainha Santa Isabel” até às 16h00 do dia 22 de junho. A Hasta Pública, abertura de propostas e adjudicação terão lugar na Sala das Sessões do edifício dos Paços do Concelho, a partir das 14h30 do dia 23 de junho.

O respetivo Edital, Programa de Procedimento e Caderno de Encargos está disponível em http://www.cm-viladerei.pt/index.php/pt/servicos-2/avisos-editais.

Visitas de Proximidade reiniciam no mês de junho

visitas junho2

A equipa do CLDS 4G e o Município de Vila de Rei, com a colaboração das diversas Associações culturais e recreativas do Concelho, vão voltar, já a partir do mês de junho, a continuar a desenvolver a iniciativa “Visitas de Proximidade”, interrompida devido à pandemia da Covid-19.

A ação, que pretende combater o isolamento, segregação social e infoexclusão das populações, vai assim continuar assim a levar, mensalmente, técnicos do Município e do CLDS 4G às associações Vilarregenses, promovendo um espaço de convívio, de debate e reflexão crítica, ao mesmo tempo que permite a realização de alguns rastreios de saúde a todos os que se deslocam a estas Visitas de Proximidade.

A iniciativa regressa no dia 3 de junho, em São João do Peso e Fundada. No dia 5 do mesmo mês, é a vez das aldeias de Milreu e Brejo Fundeiro. Seguem-se Vilar do Ruivo e Estevais no dia 17, Borda da Ribeira e Casais de Baixo a 24 e, por fim, Aivado no dia 26 de junho.

Todos os intervenientes nesta ação deverão obrigatoriamente usar máscara e cumprir as regras de distanciamento social indicadas pela Direção-Geral de Saúde.

Edifício do Hotel Vila de Rei*** para venda por ajuste direto

hotel20

O Executivo Municipal de Vila de Rei deliberou, após duas Hastas Públicas desertas, proceder, por ajuste direto, à venda do edifício do Hotel Vila de Rei***, composto por três pisos, 17 quartos, com possibilidade de ampliação e com uma área de implantação de 1080 m2.

Nesta primeira fase, os interessados deverão apresentar uma manifestação de interesse por escrito, em carta fechada, com a indicação “Venda do edifício do Hotel Vila de Rei” e a identificação do concorrente até ao dia 30 de junho com os seguintes elementos: dados pessoais ou da empresa (pessoa singular ou coletiva – identificação civil, comercial, fiscal, morada e contatos) e plano de negócios (informação sobre o investimento previsto para a aquisição e beneficiação, recursos humanos, possíveis inovações a introduzir, rentabilidade e prazo).

Todos os interessados deverão ter em consideração que está em vigor um contrato de cessão de exploração válido até 28 de março de 2023, que o proprietário do imóvel será obrigado a manter a atividade de hotelaria e restauração até ao final do ano de 2030 e que a venda inclui apenas o edifício e os equipamentos presentes na cozinha (e que fazem parte da listagem do Município disponível no fundo da página).

Posteriormente, proceder-se-á à abertura do procedimento de ajuste direto para a venda do Hotel Vila de Rei*** a todos os concorrentes que manifestarem interesse.

Após validação e análise das propostas, o Município irá adjudicar por ajuste direto a proposta vencedora. (O Município reserva-se ao direito de não adjudicar a venda a qualquer um dos concorrentes desde que entenda, em deliberação fundamentada, que nenhum reúne os requisitos mínimos necessários.)

Inventário

Covid-19: Informação à Comunidade Cristã sobre celebração de eucaristias

igreja

Chegado o tempo determinado pelo Episcopado, em consonância com a Direção Geral de Saúde, para podermos abrir as Igrejas e retomar a participação comunitária nas missas a partir do dia 30 de maio, há que garantir a protecção e prevenção do coronavírus-COVID-19, segundo as normas de segurança sanitária recomendadas pela DGS.

Assim, para a celebração da Liturgia terão de ser observadas as seguintes regras:

* As eucaristias serão retomadas na Igreja Matriz de Vila de Rei com os seguintes horários:          

    Sábado às 18.00h 

    Domingo às 9.00h e às 15.00h

    Durante a semana, segunda, terça, quarta e sexta-feira às 08.30h

* Os lugares da igreja foram reduzidos devido às regras de distanciamento impostas pela DGS, 4m2 para pessoas individuais, excetuando as famílias ou as pessoas que vivam debaixo do mesmo teto. Pede-se, por isso, a maior compreensão dos fiéis no cumprimento desta regra e que se distribuam pelos horários disponíveis das várias celebrações;

* Pede-se aos fiéis de idade mais avançada ou que se sintam doentes para não frequentarem a Missa dominical, optando pelas missas que se celebram durante a semana, em que há menos fiéis, ou pelas missas transmitidas pela TV ou rádio;

* As portas da igreja apenas abrem meia hora antes da celebração;

* É obrigatório o uso de máscara durante a celebração, retirando-a apenas para comungar.

* À porta da igreja estará um grupo de acolhimento que procederá à higienização das mãos dos fiéis e orientará a entrada e os lugares a ocupar na igreja;

* A entrada na igreja é feita apenas por uma porta e a saída por outra;

Certos da colaboração e entreajuda de todos, subscrevemo-nos com amizade

Vila de Rei, 22 de maio de 2020.

O Pároco

 

Orientações da Comunidade Episcopal PortuguesaOrientações da Comunidade Episcopal Portuguesa

Lavagem de Mãos

Máscaras

Comunhão

Oração

Recomendações Gerais

Antigo Quartel da GNR vai funcionar como Residência de Estudantes

residencia

O edifício do antigo Quartel da GNR de Vila de Rei encontra-se já a sofrer obras de remodelação e de adaptação de forma a ser transformado numa nova Residência de Estudantes.

Depois de ter igualmente funcionado como sede do CLDS 3G de Vila de Rei, o edifício vai agora ser novamente readaptado de forma a dar as melhores condições possíveis a alunos que frequentam o Ensino Secundário no Agrupamento de Escolas de Vila de Rei.

Os trabalhos, que estão a ser desenvolvidos por funcionários do Município, incluem a criação de camaratas masculina e feminina, salas de estudo, cozinhas e instalações sanitárias, podendo albergar um total de 25 estudantes.

O Presidente do Município Vilarregense, Ricardo Aires, refere que “com a criação da nova Residência de Estudantes estamos a dar melhores condições aos alunos que frequentam o Ensino Secundário em Vila de Rei e, ao mesmo tempo, a aproveitar da melhor forma um edifício com bastantes potencialidades e a dinamizar e dar mais vida ao centro histórico da sede de Concelho. Com esta nova infraestrutura, esperamos também poder atrair mais alunos a poderem prosseguir os seus estudos em Vila de Rei.”

cpcj banco voluntariado  prot civil2 logoPinhalMaior
  Logo-Turismo  LogoMT  

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies