Vila de Rei: depósito de Monos Urbanos no Estaleiro Municipal com novo horário

estaleiro

O Estaleiro Municipal de Vila de Rei dispõe de uma Central de Transferência de Resíduos, onde os Vilarregenses podem depositar os seus resíduos sólidos urbanos de grandes dimensões (monos) como sofás, colchões, móveis ou outros artigos volumosos.

Todos as pessoas que possuam monos para depositar poderão dispor deste serviço do Estaleiro Municipal de Vila de Rei, de segunda a sexta-feira entre as 08h00 e as 16h00.

A Central de Transferências de Resíduos destina-se à deposição seletiva de materiais de materiais valorizáveis para posterior tratamento e reciclagem. Mais informações para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou para o 274 898 780.

Vila de Rei: “Encontros Documentais” com início em breve

encontros programa1 2

A Biblioteca Municipal de Vila de Rei vai receber, no dia 27 de janeiro, a primeira sessão da ação de capacitação e debate “Encontros Documentais”, este ano com o tema “Diálogos Intergeracionais” como pano de fundo.

Esta primeira sessão, alusiva à temática “Arquivo”, terá início pelas 09h30, no auditório da Biblioteca Municipal José Cardoso Pires, e contará com a presença dos oradores Silvestre Lacerda, da Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, Pedro Félix, da Universidade Nova de Lisboa, Filomena Paixão, do Instituto Politécnico de Tomar, Paula Silva, do Município de Penacova, Ana Carvalho, do Município de Ourém, e de Graça Batista, do Município de Vila Velha de Ródão.

A iniciativa “Encontros Documentais”, organizada pela Rede de Bibliotecas de Vila de Rei, continuará posteriormente no dia 24 de fevereiro, com a sessão alusiva a “Museus” e, a 06 de Abril, terá lugar a última sessão sobre o tema “Bibliotecas”.

Todas as informações sobre os “Encontros Documentais” poderão ser obtidas em www.encontrosdocumentais.blogs.sapo.pt.  

Obras de beneficiação da estrada entre Palhota e Vale da Urra arrancam em breve

vale urra

O Município de Vila de Rei e a empresa Diamantino Jorge & Filhos, Lda assinaram, a 13 de janeiro, o contrato para a realização das obras de alargamento e beneficiação da estrada de ligação entre as aldeias de Palhota e Vale da Urra (ponte), após o término do respetivo Concurso Público.

Com nove empresas a apresentarem propostas a concurso, a obra foi adjudicada, com o critério de preço mais baixo, pelo valor de 112.209,50€ + IVA, com um prazo de execução de 90 dias.

Os trabalhos a executar incluem o aumento da largura da faixa de rodagem e pavimentação de algumas curvas que se encontram em terra batida, desde a aldeia de Palhota até à ponte sobre a Ribeira do Bostelim, em Vale da Urra. Para consolidação e finalização do processo, será ainda aplicado uma camada de micro aglomerado no pavimento já existente, o qual se reveste de grande utilidade e melhoria.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Ricardo Aires, afirma que “estas obras de beneficiação da estrada entre Palhota e Vale da Urra vão permitir, através de um alargamento médio de um metro da faixa de rodagem, que dois veículos possam circular em simultâneo, traduzindo-se num importante reforço da segurança de todos os seus utilizadores.” 

“Folclore no Centro”: Município de Vila de Rei promove encontro de Grupos e Ranchos Folclóricos

folclore centro

A Câmara Municipal de Vila de Rei, com o apoio da Junta de Freguesia da Fundada e do Clube Cultural, Desportivo e Recreativo da Fundada, organiza, no próximo dia 14 de fevereiro, a primeira edição da iniciativa “Folclore no Centro”.

O evento surge com o intuito de valorizar e estimular o gosto pela cultura popular, preservando e divulgando as tradições locais.

A iniciativa vai decorrer no espaço do remodelado Polidesportivo da Fundada, com início pelas 15:00 horas, e contará com a presença do Grupo Folclórico e Cultural da Boavista (Portalegre), Grupo de Folclore das Terras da Nóbrega (Alto-Minho), Rancho Etnográfico de Idanha-a-Nova, Rancho Etnográfico de Cernache do Bonjardim (Sertã), Rancho Folclórico da Casa do Povo do Pego (Abrantes) e do Rancho Folclórico da Fundada.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Ricardo Aires, refere que “esta iniciativa surge com o objetivo de resgatar e valorizar este tipo de manifestação cultural, ajudando a preservar uma tradição tão típica do nosso País. Iremos juntar no mesmo evento diversos grupos de folclore, proporcionando um belo espetáculo de cultura popular a todos os que visitarem a freguesia da Fundada neste dia.”

Paralelamente ao encontro “Folclore no Centro”, irá decorrer no mesmo espaço uma nova edição da iniciativa “Os Quintais nas Praças do Pinhal”, que contará igualmente com a animação musical dos “Amigos da Concertina de Proença-a-Nova”, Grupo de Cantares “Os Maçaenses” e do Grupo de Bombos da Casa do Benfica de Proença-a-Nova.

Vila de Rei: Auditório Municipal recebe Assembleia Diocesana

assembleia diocese

O Auditório Municipal de Vila de Rei vai receber, a partir das 10h00 do dia 20 de fevereiro, a 7ª Assembleia Diocesana da Pastoral Social e Mobilidade Humana.

Organizada pelo Secretariado Diocesano da Pastoral Social e Mobilidade Humana, com o apoio do Município de Vila de Rei, a ação terá como tema principal “A Misericórdia – Coração da Identidade Cristã” na sequência da vivência do Ano Jubilar da Misericórdia, proclamado pelo Papa Francisco a 11 de abril de 2015.

A sessão de abertura da Assembleia contará com a presença de D. Antonino Dias, Bispo da diocese de Portalegre – Castelo Branco, do Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Ricardo Aires, do Pároco de Vila de Rei, Pe. João Pires Coelho, e de Elicídio Bilé, Diretor do Secretariado Diocesano da Pastoral Social e Mobilidade Humana.

Ao longo da Assembleia, terão ainda palavra o teólogo Doutor Juan Ambrosio, professor da Universidade Católica, pela manhã, e, durante a tarde, será a vez de Irene Barata, Provedora da Sta. Casa da Misericórdia de Vila de Rei, Anacleto da Silva Batista, Provedor da Sta. Casa da Misericórdia de Sardoal, David José Esteve, Provedor da Sta. Casa da Misericórdia de Amieira do Tejo, e do Pe. Américo Ribeiro Agostinho, assistente diocesano da Cáritas, abordarem o tema “A Misericórdia – Novo impulso da Humanidade”, num debate moderado pelo Dr. Paulo Rocha, diretor da Agência Ecclesia.

Todos os interessados poderão consultar o programa completo da 7ª Assembleia Diocesana da Pastoral Social e Mobilidade Humana e a respetiva ficha de inscrição na hiperligação que se segue:

Programa e Ficha de Inscrição

26ª Colheita de Sangue em Vila de Rei

colheita sangue

O Município de Vila de Rei e o Centro de Sangue e da Transplantação de Coimbra organizam, no próximo dia 29 de janeiro, a 26ª Colheita de Sangue de Vila de Rei.

A iniciativa terá lugar no Auditório Municipal de Vila de Rei, entre as 15:00 e as 19:00 horas.

Uma vez mais, o Município de Vila de Rei apela à boa vontade de todos para a colaboração nesta campanha, comparecendo e participando neste ato altruísta e de extrema consideração pelo próximo.

Pode dar sangue se tiver bom estado de saúde, hábitos de vida saudáveis, peso igual ou superior a 50kg e idade compreendida entre os 18 e os 65 anos. Para uma primeira dádiva, o limite de idade é aos 60 anos.

Doar sangue poderá significar salvar vidas, por isso, participe!

cpcj banco voluntariado  prot civil2 logoPinhalMaior
  Logo-Turismo  LogoMT  

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies