Município de Vila de Rei define apoios a Entidades e Associações com atividade no Concelho

apoio associacao

A Câmara Municipal de Vila de Rei aprovou, em reunião de Executivo Municipal, o montante de subsídios e apoios a atribuir às diversas associações e instituições que desempenham atividades no Concelho Vilarregense.

Durante o ano de 2015, serão assim apoiadas 25 entidades num montante total de 144.530€. A atribuição destes subsídios, num valor superior ao atribuído em 2014, tem como base os critérios de despesas de manutenção, atividades para formação de adultos, atividades para formação de jovens, despesas com a realização de eventos anuais e despesas com equipamentos por escalão em cada modalidade/atividade.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Ricardo Aires, refere que “as várias associações e coletividades com funções no nosso Concelho têm desempenhado um importante papel no desenvolvimento de atividades de carácter social, cultural, desportivo e turístico em Vila de Rei. O Município reconhece que as ações desenvolvidas por estas entidades são preponderantes para a comunidade Vilarregense e, como tal, encontra-se sempre na disponibilidade de, dentro das suas possibilidades, prestar todo o apoio para a realização das mesmas.” 

Número de Obras Privadas aumenta em Vila de Rei

construcoes

O número total de processos de licenciamentos de obras privadas a decorrer no Concelho de Vila de Rei aumentou no ano de 2014, em relação aos números apresentados no ano anterior.

Ao longo do ano de 2013, deram entrada nos serviços técnicos do Município 31 processos de licenciamento e comunicação prévia para novas construções. Em 2014, o número subiu para 44 processos, dos quais 34 de licenciamentos de edificações e 10 de comunicações prévias de construção.

O número de alvarás emitidos aumentou também durante o último ano, passando de 21 para 24.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Ricardo Aires, “os dados apresentados mostram que Vila de Rei tem conseguido contornar os efeitos da crise económica que assolou o País nos últimos anos. O aumento dos números das construções privadas no Concelho dão-nos um importante sinal de recuperação que, certamente, se traduzirá na melhoria de outros fatores como o emprego e o poder de compra da população.”

Corrida de Montanha “Território – Zona Centro” de regresso a Vila de Rei

trail run

A prova de corrida de montanha de longa distância “Território – Zona Centro” regressa a Vila de Rei no dia 7 de Março, numa iniciativa organizada pela Horizontes, Lda, com o apoio da Câmara Municipal.

Trata-se de uma competição composta por quatro etapas (Proença-a-Nova, Vila Velha de Ródão, Vila de Rei e Sertã), a realizar nos primeiros quatro meses do ano, que prevê juntar cerca de 200 atletas que poderão optar, em Vila de Rei, pelas provas de 20 ou 67 km.

A corrida de montanha é uma modalidade de desporto de natureza de pura resistência, com cada vez mais adeptos em Portugal e por toda a Europa, que irá ser um verdadeiro teste às capacidades físicas e mentais dos participantes que, pelo quarto ano consecutivo, terão a oportunidade de percorrer os mais diversos trilhos do concelho de Vila de Rei.

O percurso de Vila de Rei, à semelhança dos últimos dois anos, irá atribui dois pontos para a participação na prova internacional de Mont Blanc, que reúne os melhores atletas de corrida de montanha a nível mundial.

Os interessados em participar na etapa de Vila de Rei de “Território – Circuito Centro” poderão realizar a sua inscrição ou obter mais informações em www.territoriocc.com. 

Piscina Coberta de Aprendizagem celebra Carnaval

carnaval piscina1

Os participantes da modalidade de Hidrosénior da Piscina Coberta de Aprendizagem de Vila de Rei realizaram, na manhã do dia de Carnaval, 17 de Fevereiro, uma aula dedicada a temática Carnavalesca.

Mascarados a rigor e ao som de músicas alusivas a esta época festiva, os idosos realizaram a sua aula em clima de festa, com o divertimento e a animação a serem a marca predominante durante toda a manhã.

No final da aula, teve lugar um lanche convívio entre os praticantes de Hidrosénior e o staff da Piscina Municipal.

carnaval piscina2

Vila de Rei: Vice-Presidente da Autarquia na entrega de Certificados de CEFA em Geriatria

geriatria

A Biblioteca Municipal José Cardoso Pires recebeu, na manhã de 18 de Fevereiro, a entrega dos Certificados de Curso EFA – Educação e Formação para Adultos em Geriatria, numa cerimónia que contou com a presença de Lurdes Fernandes, Diretora do Centro de Emprego e Formação Profissional do Médio Tejo, e de Paulo César Luís, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei.

A formação, realizada nas instalações da Biblioteca Municipal e que contou também com o apoio do CLDS+ de Vila de Rei e do Centro de Emprego e Formação Profissional da Sertã para a sua realização, contou com a presença de 25 formandas, dos Concelhos de Vila de Rei, Mação e Sertã, que, ao longo das 1024 horas de curso, adquiriram novos conhecimentos que garantem um equilíbrio pessoal e institucional no relacionamento interpessoal do dia-a-dia com pessoas idosas e outros profissionais e que complementam o cuidado da pessoa idosa nas suas vertentes física, mental e pessoal.

O Vice-Presidente da Autarquia, Paulo César Luís, aproveitou para destacar “o esforço e a motivação demonstrados por todas as formandas, que ficou bem patente ao longo da realização deste Curso. Esperamos que estas novas ferramentas e conhecimentos adquiridos possam contribuir para uma rápida integração no mercado de trabalho.”

Lombas de redução de velocidade reforçam medidas de Prevenção Rodoviária

lombas1

O Município de Vila de Rei procedeu à colocação de novas lombas de redução de velocidade no Concelho, numa medida que pretende reforçar a segurança rodoviária de peões e automobilistas.

As novas lombas de redução de velocidade estão colocadas nas aldeias de Silveira (6), S. João do Peso (2) e Ladeira.

Para o Presidente do Município de Vila de Rei, Ricardo Aires, “a colocação de lombas de redução de velocidade, instaladas em locais onde a circulação automóvel se deve fazer de forma mais lenta, vai obrigar à redução da velocidade do tráfego automóvel, contribuindo para uma maior segurança de peões e automobilistas.”

                          lombas2 lombas3

cpcj banco voluntariado  prot civil2 logoPinhalMaior

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies