Incêndios: Vila de Rei inserido no Plano de Recuperação Florestal

incendio plano

O Concelho de Vila de Rei, juntamente com os concelhos limítrofes de Sertã e Mação, foi inserido num projeto de recuperação e transformação territorial criado pelo Governo para auxiliar a recuperação destes Municípios muito fustigados pelos incêndios ao longo dos últimos anos.

Em comunicado, o Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural afirma que o objetivo do plano é recuperar a área ardida e ativar a gestão agroflorestal destes Concelhos, com um grupo de trabalho coordenado pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), com representantes dos ministérios da Agricultura, Adjunto e da Economia, do Planeamento, do Ambiente e da Transição Energética, da Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais, dos três Municípios, da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e das organizações de produtores agrícolas e florestais da região.

O objetivo será acompanhar e dinamizar a transformação territorial, com perspetiva de um novo modelo de ordenamento da paisagem e a adoção de ferramentas de gestão agroflorestal inovadoras, incentivando sistemas de produção biodiversos, resilientes, viáveis e sustentáveis do ponto de vista socioeconómico.

O Presidente da Autarquia Vilarregense, Ricardo Aires, congratula-se com esta decisão, destacando que “esta era já uma reivindicação antiga do Município de Vila de Rei” e que espera que este seja “o primeiro passo para a necessária reorganização do espaço florestal e que sirva como uma verdadeira ferramenta para o controlo e prevenção dos grandes incêndios florestais.” O autarca salienta ainda o esforço levado a cabo pelo Município na “mudança da paisagem florestal da região, através dos apoios que têm sido atribuídos pelo Município para a plantação de olival e de medronheiro, com o intuito dos produtores locais poderem obter importantes fontes de rendimento da exploração agrícola e florestal.”

Ricardo Aires afirma também ter “esperança que esta medida se traduza, a breve prazo, na execução do cadastro florestal no Concelho de Vila de Rei, como sucede já em todos os Municípios vizinhos, para uma melhor e mais eficaz prevenção dos fogos florestais.”

cpcj banco voluntariado  prot civil2 logoPinhalMaior

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de privacidade. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies